Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Carille descarta favoritismo corintiano para o segundo jogo da final

Técnico do Corinthians compara situação com a de 2018, quando time perdeu o primeiro duelo em casa por 1 a 0 e conseguiu reverter o placar fora

Redação, Estadão Conteúdo

14 de abril de 2019 | 19h14

O técnico Fábio Carille descartou o favoritismo do Corinthians para o segundo jogo da final do Campeonato Paulista, na próxima semana, contra o São Paulo, em Itaquera, após o empate sem gols no primeiro confronto, realizado neste domingo, no Morumbi.

O treinador lembrou a final do Campeonato Paulista do ano passado, quando o Corinthians perdeu o primeiro confronto em seu estádio por 1 a 0, devolveu o placar no Allianz Parque e sagrou-se campeão na disputa de pênaltis.

"Não tem favorito. Em relação ao ano passado nós perdemos em casa por 1 a 0 e fomos jogar na casa do adversário, com tudo contra, de ter que sair atrás de um placar e buscar o resultado fora. Agora é uma situação mais igual. O Palmeiras tinha muita vantagem no ano passado. Futebol está muito nivelado. São detalhes".

Mesmo reconhecendo a igualdade nos números entre os dois clubes na final, Carille destacou a força da torcida do Corinthians na sua arena como um fator que pode ajudar a sua equipe na próxima semana.

"A vantagem é da força da nossa torcida que, dentro de casa, vem junto. Sabe pressionar, joga junto com o time, mas é muito pouco perto da grandeza do jogo", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.