Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Carille descobre seu ‘Corinthians ideal’ e busca apenas entrosamento

Técnico já tem definido quem ele considera as melhores opções no elenco

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

10 de março de 2017 | 15h46

Desde que assumiu o comando do Corinthians, Fábio Carille avisa que não gosta de fazer rodízio entre jogadores e mudar sua formação titular, exceto, em ocasiões especiais, como desgaste físico, algo que deve ocorrer diante da Ponte Preta, domingo, em Campinas. Assim, o treinador esperava o quanto antes ter em mente o seu time ideal e parece ter encontrado.

“Sim (achou o time ideal). A forma de jogar vai ser o 4-1-4-1 ou 4-2-3-1, que usamos no clássico (contra Santos e Palmeiras). Agora é trabalhar a rotina, repetição, mas sempre pode aparecer uma peça nova, pois está todo mundo se dedicando. Cobro que os melhores vão para campo e quem está jogando não pode afrouxar ou tirar o pé. Quem estiver bem, vai ter oportunidade”, disse o treinador, mandando recado para os que atletas que não estão entre os titulares na sua cabeça.

O ‘Corinthians ideal’ de Carille conta com Cássio; Fagner, Pablo, Balbuena e Guilherme Arana; Gabriel, Jadson, Rodriguinho, Maycon e Romero; Jô. A mudança do 4-1-4-1 para o 4-2-3-1 passa pelo posicionamento de Rodriguinho, que pode jogar como volante ou meia. Esta, inclusive, foi a formação utilizada na partida contra o Santos e diante do Luverdense, quando o time conquistou duas vitórias - por 1 a 0 e 2 a 0, respectivamente.

Para o jogo contra a Ponte Preta, Carille levará a campo um time bem diferente, já que alguns jogadores têm demonstrado muito cansaço nos últimos jogos. Outros, inspiram cuidados médicos como o goleiro Cássio, que chegou a ficar fora de um treino por causa de um estiramento na coxa esquerda, no início da semana, por isso, o time levou três goleiros para Cuiabá, pois havia a possibilidade do titular não atuar.

Na zaga, Pablo e Balbuena podem ganhar um descanso. No meio, desfalque certo é o volante Gabriel, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Jadson também pode ganhar um descanso. A definição da equipe ocorrer apenas no treinamento de sábado, no CT Joaquim Grava. Nesta sexta-feira, a delegação chegou em São Paulo no começo da tarde e ganhou folga.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.