Sérgio Neves/Estadão
Sérgio Neves/Estadão

Carille destaca postura dos jogadores do Corinthians em vitória no clássico

Treinador elogia equipe alvinegra em triunfo sobre o São Paulo, por 1 a 0

Raphael Ramos, O Estado de S.Paulo

26 de maio de 2019 | 22h30

O técnico Fábio Carille destacou principalmente a postura dos jogadores do Corinthians na vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo, neste domingo, na Arena Corinthians, na capital paulista, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O time fez o gol logo aos seis minutos do primeiro tempo com Pedrinho e, bem posicionado na defesa, não deu muitos espaço para o adversário, que pouco perigo levou ao goleiro Cássio.

"A gente costuma falar que bola que não é de ninguém tem de ser nossa. Isso é o DNA do Corinthians, não podemos perder isso. Isso requer tempo para um grupo novo, mas tenho certeza de que daqui para frente não vai faltar ao time. Não adianta dividir errado, tem de estar bem posicionado", disse Carille.

Apesar do ótimo retrospecto em clássicos, o treinador garantiu que não prepara a equipe de maneira diferente para as partidas contras os principais rivais do Estado. Diante do São Paulo, por exemplo, o Corinthians nunca perdeu em sua casa. Já são 12 jogos de invencibilidade, com nove vitórias e três empates.

"A minha postura é sempre a mesma, independente do jogo. Isso faz com que meus jogadores respeitem todos os adversários, os três pontos valem para qualquer time. Não mudo", afirmou o treinador.

Com a vitória deste domingo, o Corinthians chegou aos 11 pontos, subiu cinco posições na tabela de classificação e assumiu a terceira posição. Carille, no entanto, não se dá por satisfeito e aposta que com a parada durante a Copa América o time ainda vai subir de produção no segundo semestre.

"Eu e o grupo todo sabemos que podemos jogar mais. Temos a ideia que depois dessa parada tudo pode ser muito melhor. O Matheus Jesus, que tem treinado bem, vai estar entendendo melhor. Everaldo chegando. Eu acredito muito nessa parada para o Corinthians por ser um grupo novo. Estamos muito felizes com o rendimento nesses últimos dois jogos e acreditando que depois da Copa América a gente possa dar uma resposta muito melhor", analisou.

O Corinthians volta a campo nesta quinta-feira, quando enfrenta o Deportivo Lara, pela Copa Sul-Americana, na Venezuela. Na partida de ida, em São Paulo, a equipe venceu por 2 a 0 e pode avançar para a próxima fase, as oitavas de final, até com derrota por um gol de diferença.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.