Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Carille deve mexer no Corinthians para enfrentar o Deportivo Lara

Treinador deve colocar o time mais ofensivo contra o modesto time venezuelano pela Copa Sul-Americana

João Prata, O Estado de S.Paulo

21 de maio de 2019 | 04h30

Com dois jogos por semana, o técnico Fábio Carille tem tido pouco tempo para treinar a equipe e os testes, especialmente no setor ofensivo, estão sendo feito nas partidas. Contra o Flamengo, pela Copa do Brasil, o Corinthians jogou só com um marcador no meio-campo. Contra o Athletico-PR, domingo, pelo Brasileirão, o time começou com três volantes entre os titulares.

No duelo com o Deportivo Lara, quinta-feira, pela segunda fase da Copa Sul-Americana, o treinador deve optar por um meio termo. Ralf e Junior Urso, a dupla que funcionou no Campeonato Paulista, deve iniciar no setor de marcação. Jadson e Sornoza disputam uma vaga pela armação das jogadas.

No ataque, o departamento médico ainda analisará a situação de Clayson, vetado do último jogo por causa de dores musculares. Se ele não jogar, Mateus Vital será mantido aberto pelo lado esquerdo. Vagner Love, que abriu o placar na vitória por 2 a 0 sobre o time paranaense, deve continuar como centroavante. 

Na direita, Pedrinho, que marcou o segundo gol no triunfo pode começar na equipe dando mais força ofensiva. Ramiro corre por fora na disputa. O Corinthians enfrentou no ano passado o Deportivo Lara pela primeira vez em sua história.

Ainda sob o comando de Fábio Carille, o time alvinegro não tomou conhecimento do adversário nos jogos de ida e volta da fase de grupos da Libertadores. Na primeira partida, na Venezuela, aplicou 7 a 2, com grande atuação de Jadson, autor de três gols. Na volta bateu por 2 a 0 na arena em Itaquera.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.