Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Carille enumera as falhas do Corinthians na derrota para o Bragantino

Segundo técnico, time errou muitos passes no Pacaembu e o desempenho foi abaixo do normal

Wilson Baldini Jr., O Estado de S. Paulo

18 de março de 2018 | 19h53

O time do Corinthians vai ter três dias de muita cobrança no CT Joaquim Grava até o segundo jogo com o São Caetano pelas quartas de final do Campeonato Paulista. O técnico Fabio Carille não gostou do desempenho do time na derrota, por 3 a 2, no Pacaembu, e enumerou as falhas.

+ Corinthians é surpreendido e perde para o Bragantino no Pacaembu

"Tivemos um rendimento abaixo do esperado. Não gostei da intensidade apresentada. Erramos muitos passes e tomamos dois gols de bola parada, coisa que sabíamos da força do adversário e treinammos muito para evitar. Faltou concentração em vários momentos", disse o  treinador corintiano.

Ao mesmo tempo, Carille demonstrou confiança na classificação para as semifinais. "Tem jogo que o sistema funciona e tem jogo que o sistema não funciona. Hoje (ontem) não funcionou, mas precisamos de uma vantagem de um gol para levar a decisão para os pênaltis e dois para obter a vaga. Vamos jogar em casa e temos de ser mais focados."

O técnico corintiano deixou no ar a possibilidade de escalar os garotos Pedrinho e Mateus Vital desde o início na quinta-feira. "Fico feliz porque o grupo vai encorpando e a gente ganhar mais opções. Mas é preciso saber o momento certo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.