Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians

Carille escala seis jogadores da base e define Corinthians para pegar o Mirassol

Léo Príncipe, Pedro Henrique, Fellipe Bastos e Jô são as novidades da equipe em relação ao time da última partida

Daniel Batista, Estadao Conteudo

24 Fevereiro 2017 | 11h54

Com dois jogos por semana e ainda saboreando a vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras, o Corinthians volta a campo neste sábado para encarar o Mirassol, fora de casa, com mudanças na equipe titular, em decorrência do desgaste físico dos últimos jogos. O técnico Fábio Carille vai escalar seis atletas que saíram da base do clube entre os que iniciam a partida. No total, serão quatro mudanças em relação ao time que levou a melhor no clássico.

O time separado pelo técnico, em atividade realizada nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, foi: Cássio; Léo Príncipe, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Fellipe Bastos, Maycon e Léo Jabá; Jô e Kazim. As novidades em relação ao time do clássico foram as entradas de Léo Príncipe, Pedro Henrique, Fellipe Bastos e Jô. Eles entram, respectivamente, nas vagas de Fagner, Balbuena, Rodriguinho e Romero.

Seis atletas são oriundos da base: Léo Príncipe, Pedro Henrique, Guilherme Arana, Maycon, Léo Jabá e Jô (que, embora seja mais experiente, também começou no clube). Além de contar com os garotos, outro ponto a se destacar é o fato de Carille ter alterado o esquema tático. Saiu o 4-1-4-1 e voltou o tradicional 4-4-2. Muito dessa mudança se dá pelas características de Jô e Kazim. O treinador disse recentemente que não vê como ambos podem atuar juntos no velho esquema.

Gabriel, que conseguiu a anulação de seu cartão vermelho no clássico, está confirmado entre os titulares. Vale lembrar que o volante tem dois cartões amarelos e, caso seja advertido, será desfalque no jogo contra o Santos, sábado que vem.

A atividade no CT Joaquim Grava foi rápida nesta sexta-feira, porque os jogadores viajam para Mirassol. Na semana que vem, o clube terá dois jogos importantes. Na quarta-feira, visita o Brusque, de Santa Catarina, pela segunda fase da Copa do Brasil, quando ainda o confronto é de apenas um jogo, mas desta vez, se a partida acabar empatada, a decisão vai para os pênaltis. Na primeira fase, o visitante se classificava com o placar igual. Após o confronto com os catarinenses, o desafio é o clássico com Santos, sábado, no Itaquerão.

Mais conteúdo sobre:
futebol Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.