JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Carille espera conversa com Andrés sobre reforços para o Corinthians

Treinador diz que ainda não falou pessoalmente com o mandatário eleito no sábado para a presidência do clube

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

05 de fevereiro de 2018 | 07h00

O técnico Fábio Carille disse que espera conversar com o novo presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, eleito no sábado, sobre possíveis reforços para o time. Ele evitou comentar a eleição e disse que, se não vierem novos jogadores, não terá problemas em trabalhar com o que tem à disposição hoje.

+ Emerson Sheik celebra retorno ao Corinthians e diz estar realizando sonho

"Primeiro tenho que ouvir. Se o Andrés falar  que neste momento, não dá (para trazer reforços), estarei muito tranquilo" disse Carille, em coletiva. "Vamos esperar mais um pouco. Estou muito satisfeito com este grupo de jogadores, podendo improvisar um pouco ali na frente, sem problema nenhum.  Mas se puder vir é bom, todo técnico gosta (de ter opções). Mas primeiro quero saber dele até onde podemos ir."

Carille aprovou o desempenho da equipe na vitória por 1 a 0 sobre o Novorizontino, no domingo, pela 5ª rodada do Paulistão. O time chegou aos 12 pontos, abrindo cinco de vantagem sore o Bragantino na liderança do Grupo A.

"Temos de ser muito inteligentes nesse momento, por isso quero um grupo forte. Estou muito contente", disse. "Vamos ter que ser inteligente, conversando com departamento médico e com departamento físico, para não errar e perder algum jogador por um mês. A disciplina tática, todos se empenhando demais, errando muito pouco nesse momento, tudo isso está me chamando a atenção"

O treinador reconheceu que o Corinthians foi mais incisivo no primeiro tempo do jogo no interior, e disse o time no caminho certo." A gente não ficou muito com a bola, tomou umas decisões erradas, princpalmente em triangulação no segundo tempo. Sabemos que temos que melhorar, mas a vitória mostra que estamos no caminho certo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.