Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Carille evita críticas ao time e diz que Ralf tem crédito no Corinthians

Volante falhou no lance que causou a expulsão de Cássio na partida contra o Ceará

João Prata, O Estado de S.Paulo

04 de abril de 2019 | 00h26

O técnico Fábio Carille evitou criticar o elenco do Corinthians após a derrota para o Ceará por 1 a 0 nesta quarta-feira, em Itaquera. O treinador preferiu destacar que, independentemente do resultado, o time alvinegro garantiu a classificação para a quarta fase da Copa do Brasil.

"O jogo estava controlado até a expulsão do Cássio. No primeiro tempo finalizamos seis vezes contra duas do adversário. Depois disso, conhecendo a forma do Lisca trabalhar, sabia que ele ia encher a nossa área. Essa foi nossa grande dificuldade. Estamos muito satisfeitos com a classificação."

Carille poupou especialmente o volante Ralf. O jogador errou no recuo de bola para Cássio. O goleiro precisou sair do gol e pegou com a mão fora da área, recebendo o cartão vermelho. "É um grupo muito inteligente. Erros acontecem. Eu erro na escalação, numa substituição. Ele (Ralf) tem muito crédito. Não só ele como o grupo todo", declarou. 

No duelo com o Ceará, mesmo com a vantagem de poder perder por até um gol de diferença, Carille optou por mandar a campo a formação titular. E não se arrependeu. "O time deu resposta muito boa jogando com essa base. Meu jogo com o Santos é só na segunda-feira. Dá tempo de deixar todo mundo inteiro. A gente fica na dúvida se dá continuidade ou não. A gente faz tudo bem pensado para ser o melhor para o Corinthians."

O Corinthians se prepara agora para enfrentar o Santos no jogo de volta da semifinal do Campeonato Paulista, segunda-feira, no Pacaembu. O time de Carille venceu o primeiro duelo por 2 a 1 e avança para a decisão com um empate.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.