Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Carille faz mistério na formação ofensiva do Corinthians para o clássico

Treinador realiza treino com 15 jogadores e deixa algumas dúvidas especialmente no ataque

João Prata, O Estado de S.Paulo

01 Fevereiro 2019 | 11h19

O técnico Fábio Carille fez mistério no treino desta sexta-feira e escondeu o time do Corinthians que entrará em campo no clássico contra o Palmeiras, sábado, no Allianz Parque, pela quinta rodada do Campeonato Paulista.

As dúvidas estão do meio para a frente. Depois de um rápido trabalho de aquecimento, o treinador levou 15 jogadores mais o goleiro Cássio para o campo no lado oposto de onde estavam os jornalistas e treinou insistentemente posicionamento em jogada de bola parada.

O setor defensivo está confirmado com Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar. Ralf deve ser o primeiro volante e Jadson será o meia centralizado. A partir daí, Carille tem inúmeras opções para montar o Corinthians.

Ramiro pode ser o segundo volante, mas também pode atuar aberto pela direita. Se fizer a segunda opção, Richard e Araos têm a chance de preencher essa vaga no meio-campo e reforçar a marcação. Se Ramiro ficar no meio, Pedrinho entra na direita e deixa a equipe mais ofensiva.

O centroavante deve ser Gustagol por ter feitos bons jogos no início de temporada, com dois gols marcados, e por ser mais forte do que Boselli na bola aérea. A esquerda é uma incógnita. Mateus Vital pode ser mantido, Sornoza também briga, mas o treinador pode surpreender e colocar Vagner Love, especialmente se começar com mais um jogador de marcação no meio.

Um provável Corinthians para o clássico pode ter: Cássio; Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Richard e Jadson; Ramiro, Gustagol e Vagner Love.  O time alvinegro faz até agora uma fraca campanha no Paulistão, com duas derrotas, um empate e uma vitória.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.