Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Carille quebra a cabeça para montar Corinthians contra o Grêmio

Presença de Junior Urso entre os titulares é a maior dúvida do treinador para sábado

João Prata, O Estado de S.Paulo

09 de maio de 2019 | 15h07

Fábio Carille quebra a cabeça para escalar o Corinthians que recebe o Grêmio no sábado pelo Campeonato Brasileiro. O jogo não é fácil. O time de Renato Gaúcho precisa reagir na competição e terá de arrancar pontos de rivais fora de casa. A principal dúvida do técnico corintiano está na possibilidade de contar com o volante Junior Urso.

O jogador já está recuperado de uma lesão no músculo adutor da coxa direita, mas como está fora desde o primeiro confronto da decisão do Campeonato Paulista diante do São Paulo, pode ficar entre os reservas.

Quem deve voltar ao time é o zagueiro Henrique e o lateral-esquerdo Danilo Avelar. Mas Carille não os confirmou ainda. No treino desta quinta-feira, ele dividiu o elenco em dois. O zagueiros e os laterais trabalharam posicionamento defensivo, enquanto que o setor de ataque se concentrou nas finalizações. A falta de gol é uma preocupação também. O time marcou quatro no Brasileirão e sofreu o mesmo tanto.

O Corinthians vem de empate com o Vasco por 1 a 1 e a tendência é que entre em campo no sábado com Cássio; Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Ramiro (Junior Urso) e Sornoza; Mateus Vital, Boselli e Vagner Love.

SUL-AMERICANA

A Conmebol divulgou os potes do sorteio dos confrontos da segunda fase da Copa Sul-Americana - a definição dos jogos acontecerá na segunda-feira em Luque, no Paraguai. O Corinthians ficou no Pote 2 em definição que utilizou como critério o desempenho da primeira fase da competição.

O time alvinegro empatou seus dois jogos com o Racing e avançou nos pênaltis. Por isso poderá enfrentará adversários, na teoria, mais complicados. Entre os possíveis rivais estão os terceiros colocados da Libertadores, o Atlético-MG, Botafogo, Independiente, da Argentina, e Atlético Nacional, da Colômbia. 

O Fluminense é o outro clube brasileiro que está no Pote 2. Os últimos times que disputarão a Sul-Americana serão definidos nesta quinta-feira com os confrontos da última rodada da fase de grupos da Libertadores. Um dos possíveis terceiros colocados que podem entrar na competição é o Tolima, carrasco do Corinthians na Libertadores de 2011. O time paraguaio ocupa a terceira colocação no Grupo G, e visitará o Jorge Wilsterman, que está na lanterna com a mesma pontuação. No outro jogo dessa chave, o Boca Juniors, que tem oito pontos, receberá o Athletico-PR, que tem nove.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.