Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Carille não garante volta de esquema tático com a chegada de Roger no Corinthians

Técnico precisou mudar a forma do time jogar enquanto esperava por um centroavante e a alteração deu certo

O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2018 | 11h02

O Corinthians pode anunciar ainda nesta quinta-feira a contratação do atacante Roger, que chega ao clube com a responsabilidade de tentar preencher a lacuna deixa pela saída de Jô. Sem um centroavante, o técnico Fábio Carille precisou mexer no esquema tático, mas a alteração deu tão certo que ele não assegura que irá utilizar o novo reforço assim que ele tiver condições.

+ Balbuena confirma renovação e diz que só falta assinar

+ Corintianos destacam garra e classificação encaminhada na Libertadores

+ Jadson usa a cabeça para dar vitória e deixar Corinthians perto da classificação

"Estou indo jogo a jogo. Que bom que está chegando mais um jogador e o Corinthians ainda tem a possibilidade da chegada de mais atletas. Isso me dá mais possibilidades e ver o que o adversário mostra. Foi assim contra o Palmeiras no primeiro e no último jogo, colocando o Mateus Vital pela esquerda", explicou, lembrando da decisão do Campeonato Paulista.

No começo do ano, Carille insistiu no esquema com centroavante, mas não deu certo. Tentou Júnior Dutra e Kazim no setor e ambos não corresponderam ao que o treinador esperava. Assim, ele decidiu montar um ataque mais de velocidade e sem referência na área e desde então, o Corinthians cresceu de rendimento. 

Além de Roger, o Corinthians também pode anunciar a contratação do meia Thiaguinho e do atacante Bruno Xavier, ambos destaques do Nacional, time da Série A-2 do Campeonato Paulista. Os três não poderão atuar na fase de grupos da Libertadores, mas poderão jogar no Brasileirão assim que seus nomes estiverem constando no BID. 

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFábio Carille

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.