Ivan Storti/ Santos FC
Ivan Storti/ Santos FC

Carille não se entusiasma com arrancada do Santos: 'Falta mais'

Vitória deixa equipe alvinegra mais distante da zona de rebaixamento, mas sinal de alerta segue ligado na Vila

Redação, Estadão Conteúdo

17 de novembro de 2021 | 22h55

O técnico Fábio Carille não se entusiasmou com a vitória do Santos sobre a Chapecoense, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro. O treinador apontou que ainda restam para o time atingir alguns objetivos para se livrar totalmente do perigo do rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

"É um número (42 pontos) importante, mas não é definitivo. Eu sei que precisamos de mais. Estamos dando uma arrancada em momento importante. De 18 pontos, ganhamos 13. Porcentagem muito boa, mas falta mais", disse o treinador santista.

Carille explicou a opção tática utilizada na partida. "Queria saída de qualidade. Pará é meia de origem, era 10 no Santo André, recuou no Santos. Isso me deu confiança porque os atacantes adversários não eram altos. Queria mais mobilidade, sabendo do contra-ataque rápido da Chapecoense."

O técnico também falou dos problemas enfrentados no meio de campo. "Quis fazer um setor mais técnico com Camacho, Zanocelo e Felipe, imaginando a marcação baixa da Chapecoense. Não funcionou muito, trouxe o Felipe Jonatan para ala e com a saída do Camacho no intervalo, a ideia foi trazer o Felipe pra dentro com o Zanocelo."

O Santos volta a campo no domingo, na Neo Química Arena, para o clássico com o Corinthians, em duelo válido pela rodada 34 do Brasileirão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.