Daniel Augusto Jr.|Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr.|Ag. Corinthians

Carille nega favoritismo do rival, mas vê Palmeiras mais preparado que o Corinthians

Técnico parece concordar com a opinião que vem das arquibancadas

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

21 Fevereiro 2017 | 20h43

Corinthians e Palmeiras se enfrentam nesta quarta-feira em busca de afirmação. O lado alvinegro parece causar maior desconfiança de seus torcedores e o técnico Fábio Carille parece concordar com a opinião que vem das arquibancadas. O treinador nega favoritismo do rival, mas admite que o vê melhor preparado para o clássico desta quarta-feira, na Arena Corinthians. 

"Vejo o momento do Palmeiras um pouco melhor, pois mexeu pouco. Perdeu um jogador vendido (Gabriel Jesus) e tem dois machucados (Tchê Tchê e Moisés), mas é uma equipe mais inteira e pronta. Nós mexemos bastante no elenco e estamos buscando melhorar a cada treino, mas já vi muita coisa em clássico. Time que chega desacreditado e todo mundo apostando no adversário, acaba surpreendendo", comentou o comandante corintiano, que vai comandar a equipe pela primeira vez em um clássico. 

O fato da equipe jogar em casa faz com que o treinador negue que o Palmeiras seja o grande favorito. "Eles não têm obrigação (de vencer). Divido essa responsabilidade, porque eles têm um time formado, é o atual campeão brasileiro, mas nós estamos jogando em casa, então temos que dividir as responsabilidades", analisou.

Em seu primeiro clássico, Carille nega mudar o comportamento durante a preleção. "Tenho que manter o tom ameno, porque não tem como não ficar ligado com esse jogo. Não tem que alterar a voz. Tem que mostrar os pontos fortes do adversário para tentar fazermos melhor", comentou. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.