JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Técnico Fábio Carille quer Corinthians 'mais cascudo' em 2018

Treinador quer jogadores preparados para os confrontos físicos da Libertadores

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

23 de novembro de 2017 | 07h00

Em 2018, o técnico Fabio Carille quer o Corinthians mais encorpado e disposto ao confronto físico. “Queremos um time cascudo, de maior imposição, mais encorpado. A Libertadores pede isso. Você precisa encarar esse choque, como foi diante do Racing”, disse o treinador referindo-se ao jogo das oitavas da Copa Sul-Americana.

+ ‘Acredito que o Corinthians será visto de outra forma em 2018', diz Rodriguinho

Diante do Racing, o campeão brasileiro empatou por 1 a 1, no jogo de ida, em Itaquera, mas acabou desclassificado com um empate sem gols na Argentina – o rival avançou por ter feito um gol fora.

Um dos jogadores com o perfil “brigador” é o atacante Júnior Dutra, do Avaí. O interesse foi retomado após a ida de Roger para o Inter. Aos 29 anos, ele chegaria sem necessidade de compra dos direitos econômicos. Embora o time catarinense luta contra o rebaixamento nas duas últimas rodadas, o atacante fez bons jogos e anotou nove gols.

O time também sondou Leandro Damião, que está no Internacional, mas Carille afirma que não há nada concreto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.