JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Técnico Fábio Carille quer Corinthians 'mais cascudo' em 2018

Treinador quer jogadores preparados para os confrontos físicos da Libertadores

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

23 Novembro 2017 | 07h00

Em 2018, o técnico Fabio Carille quer o Corinthians mais encorpado e disposto ao confronto físico. “Queremos um time cascudo, de maior imposição, mais encorpado. A Libertadores pede isso. Você precisa encarar esse choque, como foi diante do Racing”, disse o treinador referindo-se ao jogo das oitavas da Copa Sul-Americana.

+ ‘Acredito que o Corinthians será visto de outra forma em 2018', diz Rodriguinho

Diante do Racing, o campeão brasileiro empatou por 1 a 1, no jogo de ida, em Itaquera, mas acabou desclassificado com um empate sem gols na Argentina – o rival avançou por ter feito um gol fora.

Um dos jogadores com o perfil “brigador” é o atacante Júnior Dutra, do Avaí. O interesse foi retomado após a ida de Roger para o Inter. Aos 29 anos, ele chegaria sem necessidade de compra dos direitos econômicos. Embora o time catarinense luta contra o rebaixamento nas duas últimas rodadas, o atacante fez bons jogos e anotou nove gols.

O time também sondou Leandro Damião, que está no Internacional, mas Carille afirma que não há nada concreto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.