Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Carille revela aumento de salário e espera ficar por anos no Corinthians

Técnico curte boa fase, valorização da diretoria e conta que precisa sair escondido para evitar assédio

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

13 de junho de 2017 | 19h10

O técnico Fábio Carille revelou nesta terça-feira que recebeu um aumento de salário da diretoria do Corinthians na semana da decisão do Campeonato Paulista, contra a Ponte Preta. Ele ainda afirmou que passou a ganhar mais respeito após o titulo do estadual e que sua intenção é permanecer no clube por muitos anos.

“Se me deixarem eu vou ficando. Sei que agora consolidou (a carreira) depois do título do Paulista. Sou grato ao que o Corinthians tem feito por mim e contente por um reajuste que me deram nas finais do Paulista, mesmo nunca tendo cobrado nada. O Corinthians me colocou no mercado de vez”, disse o comandante alvinegro.

Convicto, ele garante que não existe a menor possibilidade de voltar a ser auxiliar e sua nova carreira é a de técnico de futebol. “Eu continuo o mesmo, mas para vocês eu não sou, pois agora sou um técnico de verdade. Desde dezembro já falei que queria ser treinador e não volto mais a ser auxiliar. Mesmo se quiserem (risos). Estou mais confiante, solto nas entrevistas, nas preleções e reuniões e me sinto melhorando a cada dia”, contou Carille.

Um termômetro do quanto ele tem crescido profissionalmente e em popularidade acontece quando ele resolve sair com a família. “Não consigo mais ir na padaria ou no mercado, como antes. No shopping, eu uso boné e óculos para me esconder, fico parecendo um ladrão. Estou feliz com o carinho de todos e isso me dá mais ânimo para trabalhar”, comentou.  

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.