Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Carille tem ao menos duas dúvidas para definir Corinthians contra o Ituano

Técnico tem algumas opções para definir o ataque do Corinthians

João Prata, O Estado de S.Paulo

19 de março de 2019 | 11h30

O técnico Fábio Carille tem ao menos duas dúvidas na escalação do Corinthians para o jogo de quarta-feira, às 21h30, contra o Ituano, fora de casa, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. As duas no ataque.

O centroavante Gustagol está de volta após se recuperar de lesão. O jogador ficou três partidas afastados, mas retornou aos trabalhos com bola na segunda-feira e será relacionado. A dúvida que fica é se Carille já colocará o artilheiro do time na temporada desde o início ou se optará para colocá-lo no decorrer da partida.

Se Gustagol ficar no banco de reservas, o argentino Mauro Boselli fará o quarto jogo consecutivo entre os titulares e buscará seu segundo gol com a camisa do Corinthians. Seu único tento foi na vitória sobre o Botafogo, antes dessa sequência na equipe. Nas três últimas partidas, passou em branco.

A outra dúvida está nos outros dois jogadores que irão compor o trio ofensivo. Carille tem Vagner Love, Pedrinho e Clayson para duas vagas. Na vitória sobre o Oeste pela última rodada, ele começou com Vagner Love e Pedrinho. Sua justificativa foi que Clayson estava desgastado pela sequência de jogos.

Resta saber agora se Carille dará descanso a Love, que tem 34 anos, para poder contar com o veterano 100% nas quartas de final, que começam no domingo. O restante do time deve ser o mesmo da última partida, com a permanência de Michel Macedo na lateral-direita já que Fagner foi convocado para a seleção brasileira. O titular do setor ficou também de fora contra o Oeste porque estava suspenso.

A partida contra o Ituano vale ao Corinthians a liderança do Grupo C. A tendência é que Carille mande a campo o time com: Cássio; Michel Macedo, Henrique, Manoel e Danilo Avelar; Ralf, Junior Urso e Sornoza; Pedrinho (Vagner Love), Boselli (Gustagol) e Clayson. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.