Riccardo de Luca/AP
Riccardo de Luca/AP

Carille vê Castán longe do Corinthians: 'Está feliz na Europa'

Segundo o treinador, o zagueiro tem o desejo de se manter na Europa

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

09 de junho de 2017 | 17h57

O técnico Fábio Carille jogou um balde de água fria na empolgação de quem espera ver Leandro Castán de volta ao Corinthians. O treinador afirmou que acha pouco provável o acerto ocorrer, pois o atleta está feliz na Europa e não tem interesse em retornar ao futebol brasileiro no momento.

“Castán tem dois anos de contrato com a Roma. Conheço ele e sei que ele tem o sonho de continuar na Europa. Acho difícil querer voltar. Claro que, se vier, vai acrescentar”, afirmou o treinador corintiano.

Segundo o site italiano Sky Sport, o diretor de futebol da Roma, Ramón Rodríguez Verdejo, aceitou liberar o zagueiro de graça, após reunião com o pai e empresário do defensor, Márcio Castán. A diretoria corintiana, entretanto, garante que ainda apenas monitora a situação do jogador e não tem a confirmação de que pode repatriá-lo gratuitamente.

Carille explicou ainda que não chegou a falar com Castán sobre uma possível transferência, mas mantém contato com o jogador, assim como faz com outros atletas. “Falo com o Castán como falo com vários outros jogadores que passaram por aqui. É uma amizade que eu tenho com eles. Não chegamos a conversar sobre a possibilidade dele voltar, mas pelo que sei, a família está muito bem na Europa e ele, em momento algum, me falou que queria voltar”, afirmou.

O Corinthians busca um zagueiro para reforçar o setor, que conta com Balbuena, Pablo, Pedro Henrique e Léo Santos, além de Vilson, que se recupera de lesão. O problema é que existe a possibilidade de Balbuena ser negociado com a Lazio e Pablo tem contrato de empréstimo só até o final deste ano. 

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.