Carleto comemora invencibilidade com o São Paulo

O lateral-esquerdo Carleto tem dois grandes motivos para comemorar neste domingo. O primeiro é que festeja seu aniversário de 24 anos. "Vou estar em Santos, com a minha mulher e meu filho João Pedro, de dois anos", revela. O segundo é que ele ainda não perdeu na temporada.

PAULO FAVERO, Agência Estado

24 de março de 2013 | 15h37

Com a vitória de sábado sobre o Bragantino por 2 a 0, ele chegou a oito resultados positivos em 2013. Com ele em campo, o São Paulo venceu Mirassol, Atlético Sorocaba, Guarani, São Caetano, Penapolense, Oeste e São Bernardo. "Sabia que uma hora a oportunidade iria chegar", diz.

Ele explica que o ano está começando para ele em grande estilo, como foi em 2012, quando estava no Fluminense e no final sagrou-se campeão brasileiro. "A diferença é que lá eu comecei fazendo gols, aqui estou dando assistências", afirma. No Paulistão, ele já deu quatro passes para os gols dos companheiros.

Diante do Bragantino, ele teve a chance de balançar as redes em duas oportunidades, em cobranças de falta, mas o goleiro Defendi levou a melhor. "Minha família pediu que eu fizesse um gol para marcar meu aniversário, mas não deu. De qualquer forma, estou feliz, me cuidando e espero render mais ainda."

O jogador sabe que terá uma disputa acirrada com Cortez, antigo titular na lateral esquerda e que saiu do time por causa de uma lesão. O jogador já está recuperado e agora a decisão será de Ney Franco. "Tenho me dedicado ao máximo e as coisas têm acontecido bem. Tenho me cuidado fora de campo e, se ele optar por mim, estou preparado", avisa o pé quente do Morumbi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.