Divulgação
Divulgação

Carlinhos revela conversa no São Paulo para evitar cartões

Time consegue terminar partida sem receber advertências

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

27 de julho de 2015 | 15h21

Depois de ter dois jogadores expulsos contra o Sport, o São Paulo conseguiu terminar a vitória contra o Cruzeiro, no último domingo, pelo Campeonato Brasileiro, sem receber sequer um cartão amarelo. Segundo o lateral-esquerdo Carlinhos, o elenco conversou antes da partida para ter mais disciplina e evitar advertências.

"Temos falado sobre isso (cartões). Quando isso acontece, perdemos jogadores não só por um jogo, mas também para o próximo", comentou Carlinhos nesta segunda-feira. Na vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro, no Morumbi, o time não pode contar com o meia Ganso, o atacante Luis Fabiano e nem com o técnico Juan Carlos Osorio. Todos foram expulsos contra o Sport.

A partida contra com o Cruzeiro terminou apenas com um cartão amarelo, que foi mostrado para o lateral Fabrício, da equipe mineira. "O Osorio teve uma conversa com a gente. Nós jogadores sabemos que hoje dia jogando com 11 já é difícil. Quando perde um jogador fica ainda mais complicado", comentou. Após cumprirem suspensão no último domingo, o trio retorna contra o Atlético-MG.

A partida contra o líder, na quarta-feira, será no estádio do Mineirão e não no Independência, o que deixou Carlinhos mais confiante. "Se não me engano o campo no Mineirão tem as mesmas medidas que o do Morumbi. Isso nos ajuda um pouco para a partida", explicou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.