Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Ettore Ferrari/Ansa via AP
Ettore Ferrari/Ansa via AP

Carlo Tavecchio é reeleito presidente da federação italiana

Dirigente supera Andrea Abodi em votação fechada

Estadao Conteudo

06 de março de 2017 | 17h14

Carlo Tavecchio foi reeleito nesta segunda-feira como presidente da Federação Italiana de Futebol (FIGC, na sigla em italiano). Ele levou a melhor contra Andrea Abodi, líder dos times da Série B, em votação fechada. Recebeu pouco mais de 53% dos votos na terceira e última rodada da eleição. O novo mandato terá quatro anos de duração.

"Agora precisamos encontrar a mesma força que nos dividiu para nos unir novamente', disse Tavecchio. "Eu tenho certeza que eu tenho feito o meu dever. Eu disse o que eu poderia fazer, mas conquistas que podem ser mantidas, nada mais', completou.

Tavecchio sucedeu Giancarlo Abete três anos atrás depois que o antigo dirigente renunciou, em consequência da fraca campanha na Copa do Mundo de 2014. Em novembro daquele ano, ele foi suspenso por seis meses pela Uefa por fazer comentários racistas em sua campanha.

Na eleição desta segunda-feira, ele foi o mais votado em todas as três rodadas, mas não chegou a alcançar os 75% dos votos necessários para liquidar a votação. As associações de árbitros e técnicos o apoiaram, enquanto os jogadores estiveram ao lado de Abodi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.