Carlos Alberto é punido com 2 jogos de suspensão por entrada dura em Léo Pelé

O meia Carlos Alberto, do Figueirense, foi punido com dois jogos de suspensão pela entrada dura no lateral-esquerdo Léo Pelé, do Fluminense. O jogador foi denunciado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva por agressão física e recebeu a pena por unanimidade dos votos.

Estadão Conteúdo

22 de dezembro de 2015 | 19h30

O resultado cabe recurso e pode chegar ao Pleno, última instância nacional. O confronto entre Figueirense e Fluminense foi realizado no dia 6 de dezembro, no Orlando Scarpelli, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Aos 43 minutos do primeiro tempo, Carlos Alberto atingiu Léo Pelé e foi advertido pelo árbitro Dewson Fernando com cartão amarelo por, segundo consta na súmula, "calçar seu adversário de forma temerária na disputa de bola". O jogador atingido precisou ser substituído em seguida e levou pontos na canela.

Carlos Alberto foi enquadrado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva com a denúncia de que ele atingiu o adversário com um pontapé intencional, correndo o risco de quebrar a perna do adversário. A Procuradoria denunciou ainda o árbitro por ter expulsado o atleta.

NO TELEFONE - O atacante André Lima foi multado em R$ 2 mil por usar um celular para assistir a outros jogos na última rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O então atleta do Avaí, durante o duelo contra o Corinthians, foi flagrado próximo ao banco de reservas com o telefone na mão, de olho nos outros resultados que poderiam interferir na permanência da equipe catarinense na Série A da competição. O jogador foi anunciado como reforço do Atlético-PR na última segunda-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.