Carlos Alberto está liberado para a estreia na Série B

Poucos lembravam, mas o meia Carlos Alberto corria risco de não poder atuar na estreia do Vasco pela Série B do Campeonato Brasileiro, dia 9 de maio, contra o Brasiliense. Em 2008, o jogador foi punido com três jogos de suspensão pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), ainda durante o Brasileirão, quando atuava pelo Botafogo. Mas então decidiu repentinamente deixar o clube pelo atraso nos salários e acabou não cumprindo a pena.

AE, Agencia Estado

29 de abril de 2009 | 21h31

Punido por apalpar as nádegas do zagueiro Léo, do Grêmio, Carlos Alberto poderia ter de cumprir a suspensão nas primeiras partidas pela Série B. No entanto, o Vasco garantiu nesta quarta-feira que tem em mãos um documento da CBF autorizando a escalação do meia. O motivo para a liberação do jogador é que a rescisão com o Botafogo foi unilateral. Desta forma, ele teria cumprido a punição nas últimas três rodadas do Brasileirão.

Mesmo liberado, Carlos Alberto ainda precisa se recuperar de um estiramento muscular na coxa direita para poder atuar contra o Brasiliense, em São Januário. Nesta quinta-feira, quando o Vasco joga contra o Icasa, do Ceará, pela Copa do Brasil, também em casa, o meia é desfalque certo. Além disso, a permanência do jogador para o segundo semestre ainda é uma incógnita, já que seu empréstimo com o Werder Bremen, da Alemanha, vai apenas até o final de junho.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BVascoCarlos Alberto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.