Arquivo/AE
Arquivo/AE

Carlos Alberto Parreira não é mais o técnico do Fluminense

Ele foi demitido na manhã desta segunda-feira, depois de uma reunião da diretoria com o patrocinador

13 de julho de 2009 | 11h23

Carlos Alberto Parreira não é mais o técnico do Fluminense. A notícia foi dada pelo próprio treinador, nesta segunda-feira, em entrevista ao SporTV. Em reunião com a diretoria do clube e o patrocinador, ele foi avisado de sua demissão.

Veja também:

linkNáutico demite Márcio Bittencourt e contrata Geninho  

especialMercado: as transferências dos times

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Não sou mais o técnico do Fluminense", disse Parreira. "Os próximos passos do time cabem ao próximo treinador".

A derrota desse domingo por 1 a 0 para o Santo André foi a gota d´água para a queda do experiente treinador. O time é o atual 18.º colocado no Campeonato Brasileiro, com apenas dez pontos somados. Em sua terceira passagem pelo Fluminense (chegou em março deste ano), Parreira obteve oito vitórias, nove empates e sete derrotas. Foram 30 gols sofridos e 33 a favor.

CRÍTICAS

O técnico criticou o comportamento do clube, na forma como leva a relação com o seu principal patrocinador, a Unimed. "É uma relação muito complicada, um conflito permanente para o Fluminense. Nós tentamos blindar jogadores e comissão técnica e nos preocupamos com isso", afirmou.

Para o futuro, Parreira quer ficar mais tempo com a família e diz não ter pressa para assumir outra equipe, já que "nada surpreende depois de 40 anos no futebol". "Só saio do Rio em condições muito excepcionais. Talvez não neste campeonato", concluiu.

O Fluminense ainda não fala em substituto. O auxiliar-técnico Vinícius Eutrópio assume interinamente. Nesta quarta-feira, o Fluminense encara o vice-líder Internacional no Beira Rio, em Porto Alegre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.