Carlos Alberto pede desculpa por 'brincadeira' com Ricky

Jogador do Botafogo volta a causar mal-estar no Morumbi com insinuações sobre o amigo são-paulino

Marcius Azevedo, Jornal da Tarde

26 de maio de 2008 | 17h50

Um mês depois de deixar o São Paulo, o meia Carlos Alberto voltou a causar mal-estar no Morumbi. Em um vídeo publicado na internet, o jogador do Botafogo aparece em um elevador com torcedoras do Cruzeiro no hotel onde o time ficou hospedado em Belo Horizonte, antes da partida entre os dois clubes pelo Brasileiro, no último dia 18. Na conversa, elas pedem para os jogadores do Botafogo mandarem beijos para o goleiro Fábio e o atacante Marcelo Moreno, ambos do Cruzeiro. Aí, Carlos Alberto responde: "Por que vocês estão mandando a gente mandar beijo para homem? Não tem nenhum Richarlyson aqui, não." O vídeo, que chegou a ser retirado do ar pelo site mas logo voltou a ser publicado, repercutiu muito mal no São Paulo. Nesta segunda, o agora botafoguense tentou minimizar o que disse no vídeo. "Queria explicar que foi apenas uma brincadeira de momento. O Richarlyson foi um amigo que fiz no tempo de São Paulo e jamais quis ofendê-lo. Peço desculpas se ele ficou ofendido. Foi uma brincadeira infeliz que não vai mais se repetir." E continuou: "Em nenhum momento quis debochar dele. Só falei que não era o Richarlyson, porque ele é que tinha essa mania de mandar beijos para as pessoas. Sempre brincávamos com ele por isso." Richarlyson não quis comentar o fato. Recentemente, ele processou o dirigente do Palmeiras José Cyrillo Júnior, que fez insinuações sobre sua sexualidade durante um programa de televisão. As duas partes fizeram um acordo para acabar com o litígio judicial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.