Carlos César promete conquistar confiança de Levir em rara chance no Atlético-MG

Pouco aproveitado no Atlético Mineiro em 2015, o lateral-direito Carlos César receberá uma rara oportunidade de ser titular neste domingo, no Mineirão, diante do Joinville, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, pois Marcos Rocha segue lesionado e Patric está suspenso. E Carlos César promete se sair bem para conquistar a confiança do técnico Levir Culpi.

Estadão Conteúdo

24 de junho de 2015 | 12h54

"Trabalho visando essa oportunidade. O Levir é um treinador que sempre vem frisando para que a gente se mantenha focado, vem falando que as oportunidades vão aparecer, ele dá isso a entender para que a gente que não está jogando fique sempre atento e preparado e eu sigo nesse caminho, esperando a minha oportunidade", afirmou.

Em 2015, Carlos César só entrou em campo três vezes pelo Atlético-MG, sendo titular em apenas duas oportunidades, em jogos do Campeonato Mineiro diante do América e do Cruzeiro. Mesmo assim, ele garante estar concentrado no dia-a-dia do clube e nega qualquer acomodação.

"Estou muito focado. Venho trabalhando muito forte e esperando aproveitar cada oportunidade da melhor forma possível. Nossa equipe conquistou uma bela vitória fora de casa e entro com uma responsabilidade grande de manter o mesmo padrão de jogo, dentro do Mineirão, diante de uma torcida que, acredito, vai em grande número. Espero poder trabalhar bem essa semana para ganhar a confiança do Levir, poder jogar domingo e fazer um bom jogo", comentou.

Com 14 pontos, o Atlético-MG está em quarto lugar no Brasileirão. Carlos César espera ajudar o time a conquistar mais uma vitória, em um duelo que deverá ser disputado com o Mineirão lotado.

"A expectativa é a melhor possível porque é o que eu sempre busco. É o que a gente espera, uma oportunidade, domingo, Mineirão, casa cheia, uma oportunidade de mostrar um bom futebol e buscar mais uma vitória", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-MGLevir Culpi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.