Carlos Germano quer continuar no Bota

O goleiro Carlos Germano, sem contrato desde 2002, espera uma definição da diretoria do clube até o início do Campeonato Brasileiro da Segunda Divisão. Quer ficar no clube e está ansioso à espera de um acerto. ?Me identifiquei muito com o Botafogo e tenho a vontade de ajudar o clube a voltar à elite do futebol brasileiro." Ele não demonstrou apreensão com a contratação de Jeferson para a sua posição. Neste sábado, a equipe faz um jogo-treino às 15h50 com o Porto Azul, clube da Segunda Divisão de Minas Gerais. A atividade está prevista para o estádio da Portuguesa carioca, no bairro da Ilha do Governador. Nem Jeferson nem o meia Daniel, o outro reforço, vão participar do treino. O zagueiro Sandro, que cumpriu suspensão, volta à equipe na quarta-feira, no jogo com o São Caetano, pela Copa do Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.