Paulo PInto/AE
Paulo PInto/AE

Carpegiani comemora vitória, mas evita fazer projeções

Técnico manteve cautela sobre chances de classificação à Libertadores apesar do bom desempenho do time

AE, Agência Estado

29 de outubro de 2010 | 00h05

Paulo César Carpegiani aprovou o desempenho do São Paulo na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético Paranaense, nesta quinta-feira, na Arena Barueri. Apesar da reabilitação do time, após a derrota para o Ceará, o técnico evitou fazer projeções sobre as chances de classificação à Copa Libertadores.

Veja também:

linkSão Paulo vence o Atlético-PR e segue firme na briga pela Libertadores

linkSão-paulinos renovam esperança de vaga na Libertadores

SÉRIE A - tabelaClassificação | listaCalendário/Resultados

"O São Paulo teve muito equilíbrio e posse de bola. Estou muito satisfeito com a minha equipe. Quero sempre uma equipe participativa, com uma pegada firme, bem compactada", elogiou o treinador, que voltou a lamentar o tropeço de domingo, fora de casa. "Infelizmente não alcançamos a nossa meta, que era de nove pontos. Se tivéssemos ganhado do Ceará, estaríamos em uma situação excelente. Poderíamos estar com 50 pontos agora".

Com a vitória desta quinta, o São Paulo alcançou os 47 pontos e saltou duas posições na tabela, para o sétimo lugar. Mesmo com o avanço, a equipe do Morumbi ainda está a sete pontos do Cruzeiro, terceiro colocado e que ainda não jogou nesta rodada.

Diante desta situação, Carpegiani manteve a cautela sobre as chances do São Paulo. "O torcedor está cansado de ouvir as minhas explicações. O que temos que fazer é ganhar os jogos. Agora temos que correr atrás. Não temos outra situação. Não quero passar ilusão de que podemos chegar ou não [à Libertadores]. O campeonato ainda está aberto. Tem gente rateando [no topo] e é possível que a gente chegue [na zona de classificação]", ponderou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.