Carpegiani critica nova expulsão de Richarlyson

Paulo César Carpegiani não escondeu a insatisfação com a expulsão do volante Richarlyson no clássico com o Santos, neste domingo. O técnico do São Paulo criticou a atitude do jogador, que recebeu seu segundo cartão vermelho em três jogos, e deu a entender que punirá o atleta.

AE, Agência Estado

17 de outubro de 2010 | 21h38

Veja também:

link São Paulo vence o Santos e entra na briga pela Libertadores

"Acho que todo jogador que é expulso acaba deixando os outros dez em uma situação incômoda. Estávamos em casa, e tínhamos a obrigação de ganhar. Aí ficou uma situação muito ruim. Não gosto disso. Temos o dever de iniciar com 11 e terminar com 11, independente de qualquer situação de jogo. Foi totalmente prejudicial", comentou.

O técnico, porém, não adiantou se tomará alguma atitude em relação ao volante, que também foi expulso na partida contra o Avaí, no dia 2 deste mês. "Isso é assunto interno. Vou conversar com ele".

O cartão vermelho no início do segundo tempo atrapalhou o esquema tático do São Paulo. Carpegiani precisou abdicar da formação mais ofensiva ao improvisar Fernandinho na lateral-esquerda, posição na qual vinha atuando Richarlyson. O São Paulo chegou a sofrer o empate, mas arrancou a vitória nos acréscimos, com gol de Jean.

As mudanças no time de Carpegiani já haviam começado no intervalo, quando Lucas precisou ser substituído, após levar uma pancada no pé. O meia, porém, não preocupa para o jogo contra o Ceará, no próximo domingo. "Ele vem agradando e já está escalado para o próximo jogo", garantiu o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.