Carpegiani distribui elogios após estrear com vitória

O técnico Paulo César Carpegiani resolveu quebrar a promessa feitas antes do jogo contra o Fluminense e deu entrevista coletiva após o São Paulo bater o rival por 2 a 0, neste domingo, em São Januário, na estreia do time no Campeonato Brasileiro. Satisfeito com o que viu em campo, o então pressionado treinador distribuiu elogios aos jogadores pela boa atuação exibida no Rio.

AE, Agência Estado

22 de maio de 2011 | 22h17

O comandante destacou que o time são-paulino conseguiu anular os habilidosos meias Conca e Deco. "O Carlinhos é dinâmico. O Wellington fez uma partida espetacular e anulou o Conca, que pegou três vezes na bola só. O criativo do Fluminense foi anulado. O Casemiro também é um belo jogador. Chegamos, criamos e dominamos bem. A equipe estava programada para jogar no (esquema) 4-3-2-1, mas o Souto voltou atrás para dar segurança", ressaltou o técnico, explicando que inicialmente não falaria com a imprensa pelo fato de ter sido alvo de xingamentos de torcedores durante a entrevista coletiva que concedeu na oportunidade anterior em que o São Paulo atuou em São Januário.

Carpegiani ainda foi além ao dizer que o São Paulo entrou em campo com a responsabilidade de vencer, mesmo fora de casa, já que vive um momento de crise depois dos fatos que marcaram a eliminação diante do Avaí nas quartas de final da Copa do Brasil. Após aquela derrota, o meia Rivaldo fez duas críticas ao técnico, cuja demissão já era tida como certa, mas a diretoria optou por segurá-lo no clube.

"Um time vive de vitórias. O futebol é o dia a dia e era importante enfrentar o atual campeão. Tínhamos a obrigação de vencer. Equipe se comportou muito bem. Quando você joga fora de casa tem de ter o domínio", analisou.

Já o atacante Dagoberto, autor do primeiro gol da vitória são-paulina no Rio, destacou o rápido poder de reação exibido pelo time após a traumática eliminação que amargou. "Saímos da Copa do Brasil e tínhamos de dar uma resposta urgente e conseguimos", ressaltou o atleta, que acrescentou: "Nosso time tem qualidade de sobra. Agora temos de ter a consciência de que todo mundo tem de correr para pegar a bola e jogar. Tivemos um time seguro e compacto. Equipe mostrou uma força muito grande".

O meia Lucas, autor do segundo gol são-paulino, também destacou que o São Paulo deu início a uma nova fase. "O mau momento já passou e agora só vamos pensar nas vitórias", disse o jogador, que elogiou a postura ofensiva da equipe. "Dentro de campo, a gente sempre procura fazer a nossa parte. Fizemos por merecer esta vitória sobre o Fluminense. Jogamos pra frente o tempo todo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.