Carpegiani é demitido da seleção do Kuwait

O brasileiro Paulo César Capergiani não resistiu à derrota por 1 a 0 para Omã e foi demitido nesta sexta-feira do cargo de treinador da seleção olímpica do Kuwait. O jogo valia pela segunda rodada do Grupo 3 das eliminatórias asiáticas para os Jogos de Atenas. O brasileiro, de 54 anos, assumiu o cargo em fevereiro de 2003, em substituição ao servio-montenegrino Radouiko Avramovic, dispensado depois da eliminação do Kuwait nas oitavas-de-final da Copa das Nações Árabes. Carpegiani, que foi meio-campista da seleção brasileira no Mundial de 74, ganhou a Copa Intercontinental com o Flamengo em 81. Treinou também o São Paulo, Atlético Paranaense, Cruzeiro e o clube saudita Al-Nasr. Sua melhor campanha, no entanto, aconteceu no Mundial de 98, quando levou a seleção do Paraguai às oitavas-de-final, perdendo para a França na prorrogação.

Agencia Estado,

19 de março de 2004 | 10h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.