Divulgação/Flamengo
Divulgação/Flamengo

Carpegiani minimiza ausência de reforços e valoriza garotos do Flamengo

Atacante Marlos Moreno, que veio de empréstimo do Manchester City, foi a única contratação

Estadão Conteúdo

25 Janeiro 2018 | 10h02

A chegada de apenas um reforço no Flamengo para a atual temporada - o atacante Marlos Moreno, que veio de empréstimo do Manchester City - não preocupa o técnico Paulo César Carpegiani. O treinador minimizou o fato após a vitória sobre o Bangu, por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, em rodada do Campeonato Carioca.

+ Confira a classificação da Taça Guanabara

Após mais este triunfo no Estadual, conquistado com o time repleto de garotos em campo, o treinador disse que o clube carioca não irá contratar apenas para completar o elenco e valorizou a promissora geração de jovens jogadores do time rubro-negro, que, por enquanto, tem dado conta do recado.

"Temos que valorizar os meninos. A direção está muito consciente para buscar reforços. Não quero ninguém só por trazer ou para compor o grupo. Temos os meninos para compor o elenco", disse o treinador.

O gol da vitória foi marcado justamente por uma das principais promessas flamenguistas: o centroavante Lincoln, de apenas 17 anos, que balançou as redes pela primeira vez com a camisa do time profissional.

Um centroavante, aliás, foi a prioridade do Flamengo no mercado. Com Guerrero suspenso por doping, o clube carioca tentou repatriar Vágner Love, mas recebeu uma negativa do Alanyaspor, da Turquia. Mesmo com a tentativa mal sucedida de trazer um goleador, Carpegiani disse estar feliz com as peças que tem para o comando de ataque e indicou que Vizeu é o titular da posição.

"É uma posição muito importante no futebol. Aparecendo um grande jogador, o Flamengo poderá trazer ou não. Estamos dando chance aos meninos. Estou satisfeito. Temos o Guerrero, que é questão de tempo. Vai se fazer justiça. Temos o Guerrero e a meninada. Não temos que trazer um outro jogador. O Lincoln está procurando seu espaço, assim como outros meninos. O titular da posição hoje é o Vizeu", falou.

No meio-campo, o Flamengo buscou Wallace, do Hamburgo, e ficou perto de concretizar o negócio. O clube alemão, no entanto, não liberou o ex-volante do Grêmio para reforçar o time carioca. Diante de mais uma negativa, Carpegiani assumiu a chegada de mais um volante é bem-vinda, mas, ao mesmo tempo, valorizou o elenco, que, para a posição de volante, tem Cuellar e Willian Arão como titulares e Jonas e o jovem Ronaldo como opções.

"Nós temos uma preocupação para a posição. Esperei o Rômulo ter condições físicas para colocá-lo em campo. Preocupa a suspensão do Cuéllar. Vamos tentar resolver da nossa maneira. O Rômulo hoje me deu uma resposta boa. Vamos encontrar soluções no próprio elenco", concluiu.

Mais conteúdo sobre:
futebol Flamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.