Oscar del Pozo/AFP
Oscar del Pozo/AFP

Carrasco faz nos acréscimos e salva Atlético de Madrid de tropeço contra Espanyol

Após eliminação na Liga dos Campeões, time colchonero vê belga marca de pênalti no apagar das luzes e garantir vitória por 2 a 1

Redação, Estadão Conteúdo

17 de abril de 2022 | 15h14

Com gol de Carrasco, de pênalti, aos 55 minutos do segundo tempo, o Atlético de Madrid escapou de tropeço em casa ao derrotar o Espanyol, por 2 a 1, neste domingo, no estádio Wanda Metropolitano, pela 32ª rodada do Campeonato Espanhol. O triunfo acabou sendo uma resposta após a eliminação nas quartas de final da Liga dos Campeões, diante do Manchester City.

A vitória levou o Atlético de Madrid aos 60 pontos. Apesar de estar longe da disputa pelo título, a equipe de Diego Simeone dá mais um passo para garantir presença na próxima edição da Liga dos Campeões, diferentemente do Espanyol, que ficou estacionado com 39.

Apesar de jogar fora de casa, o Espanyol vendeu caro a derrota neste domingo. O time visitante chegou a ter mais finalizações do que o rival e foi o responsável pela primeira chance de perigo. Leandro Cabrera apareceu livre na área e, de cabeça, exigiu grande defesa do goleiro Jan Oblak.

O Atlético tentou responder com João Félix, mas foi realmente superior no segundo tempo. Aos sete minutos, Matheus Cunha tocou para Yannick Carrasco. Ele chutou no canto esquerdo para fazer 1 a 0. Mas a situação complicou quando Geoffrey Kondogbia recebeu o segundo amarelo e acabou expulso.

Com um a mais, o Espanyol não demorou para buscar o empate. Raúl de Tomas bateu falta com precisão para fazer 1 a 1. Diego Lopez estava garantindo o empate até que, após a checagem do VAR, foi marcado pênalti em favor do Atlético. Carrasco bateu e confirmou o triunfo dos donos da casa.

Mais cedo, o lanterna Levante fez sonoros 4 a 1 no Granada, em pleno Nuevo Los Cármenes. No entanto, continuou na última posição, com 25 pontos, contra 29 do seu rival.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.