Cartaz em frente à concentração da Argentina pede o retorno de Maradona

BUENOS AIRES - Um cartaz com a frase "volta, Diego", em referência a Diego Maradona, foi colocado na madrugada deste domingo em frente à concentração da seleção argentina, em Buenos Aires, depois que a equipe foi eliminada nas quartas de final da Copa América neste sábado para o Uruguai, nos pênaltis.

EFE

17 de julho de 2011 | 17h59

No clássico disputado no estádio Brigadier Estanislao López, em Santa Fé, os argentinos empataram em 1 a 1 com a 'Celeste' no tempo normal, resultado que persistiu na prorrogação. Nos pênaltis, o atacante Carlos Tévez errou a quarta cobrança dos anfitriões, que foram derrotados por 5 a 4.

Nos estádios argentinos ao longo da Copa América também foi possível ver a insatisfação dos torcedores com o técnico Sergio Batista, em cartazes com frases como "Diego Brasil-2014" ou "Diego, volte".

No entanto, o atual treinador foi taxativo ao afirmar após a eliminação que o resultado não representa um fracasso e que pretende estar na Copa do Mundo de 2014.

"Sair é algo que não me passa pela cabeça", garantiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.