Cartões ameaçam 8 da Venezuela

Oito dos 22 jogadores da Venezuela estão pendurados e poderão ficar de fora do jogo contra o Brasil se levarem mais um cartão amarelo na partida do próximo sábado contra o Paraguai, pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa de 2006.Além do meia Juan Arango, um dos destaques da equipe, os outros jogadores pendurados são os defensores Leonel Vielma, Jorge Rojas, Luis Vallenilla e os meios-campo Luis Vera, Miguel Mea Vitali, Andreé González e Leopoldo Jiménez.A única vantagem da seleção comandada pelo técnico Richard Páez é que todos os goleiros e atacantes estão ?limpos?. Mesmo assim, o treinador preferiu chamar mais jogadores para ter nomes para compor o grupo quando enfrentar o Brasil no dia 12 de outubro, na cidade de Belém.

Agencia Estado,

06 de outubro de 2005 | 11h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.