CAS confirma suspensão de 4 meses ao meia Çalhanoglu por quebra de contrato

Jogador do Bayer Leverkusen ainda será obrigado a pagar cerca de R$ 337,5 mil ao Trabzonspor

Estadao Conteudo

02 Fevereiro 2017 | 15h50

A Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) confirmou os quatro meses de suspensão ao meia Hakan Çalhanoglu, do Bayer Leverkusen. Nesta quinta-feira, a entidade julgou o recurso do jogador turco de 22 anos após a punição aplicada pela Fifa por quebra de contrato e manteve a dura sanção.

Um dos principais jogadores da seleção turca e do Leverkusen, Çalhanoglu ainda será obrigado a pagar 100 mil euros (cerca de R$ 337,5 mil) ao Trabzonspor, clube de seu país natal, que foi justamente o prejudicado com a quebra de contrato, no entendimento da Fifa e da CAS.

Quando ainda atuava nas divisões de base do Karlsruher, da Alemanha, Çalhanoglu recebeu 100 mil euros do Trabzonspor para assinar pelo clube quando completasse 18 anos. Ao invés de completar a transação, no entanto, na temporada 2011/2012 ele assinou uma renovação de contrato com o Karlsruher.

A decisão de Çalhanoglu motivou o Trabzonspor a entrar com uma ação na Fifa em 2013. A entidade deu ganho de causa ao time turco e decidiu pelos quatro meses de punição, mas a sanção foi suspensa até o parecer da CAS.

"É um grande baque para o Hakan, mas também para nós. Apesar de o Bayer Leverkusen não ter nada a ver com os eventos em 2011, nós estamos sendo duramente punidos. Agora, vamos perder um jogador muito importante durante parte decisiva da temporada", lamentou o diretor esportivo do Leverkusen, o ex-jogador Rudi Völler.

Após o veredicto da Fifa pelos quatro meses de suspensão, tanto Çalhanoglu quanto o Trabzonspor entraram com recurso. O jogador protestava contra a sanção, enquanto o clube turco queria ser ressarcido em um milhão de euros pelo dinheiro investido e os danos causados pelo não cumprimento do contrato. A CAS, então, deu ganho de causa apenas parcial ao time, adicionando a multa de 100 mil euros ao período de suspensão.

Antes de chegar ao Leverkusen, Çalhanoglu ainda vestiu a camisa do Hamburgo na temporada 2013/2014. Agora, seu clube terá que lidar com sua ausência pelo resto do Campeonato Alemão, além das oitavas de final da Liga dos Campeões contra o Atlético de Madrid.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.