CAS julga Rodrigo Souto, mas decisão não é divulgada

A Corte Arbitral do Esporte (CAS) julgou nesta terça-feira o recurso movido pela defesa de Rodrigo Souto na acusação de doping do jogador santista. A decisão, no entanto, ainda demorará cerca de 30 dias para ser divulgada, já que o CAS só a fará quando tiver elaborado o laudo arbitral sobre o julgamento.Rodrigo Souto, que foi flagrado no exame antidoping na partida contra o San José, da Bolívia, pela Copa Libertadores de 2008, teve sua defesa representada pelos advogados Bichara Neto e Mário Mello Soares nesta terça. O julgamento ocorreu na Cidade do México, e o volante permaneceu treinando normalmente com a equipe em Santos.Apesar de ter sido punido pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) com a suspensão de dois anos de qualquer atividade relacionada ao futebol, Rodrigo Souto teve sua pena revista pela Fifa, o que permitiu ao jogador atuar no Brasileirão. A decisão da entidade máxima do futebol, porém, só vale até que seja definida a situação no CAS.O advogado Mário Mello Soares explicou que o procedimento adotado pelo CAS nesta terça é padrão, visando a manutenção da decisão em caráter definitivo. "O CAS é rigoroso na fundamentação de suas decisões, pois o órgão gosta de explicar bem suas escolhas em seus laudos, evitando novas contestações, para que a decisão do mesmo seja mantida em eventuais recursos que possam acontecer na Justiça comum da Suíça", explicou.Enquanto aguarda o parecer do CAS, Rodrigo Souto está confirmado para atuar no amistoso do Santos no próximo domingo, no Estádio do Pacaembu. A equipe faz o primeiro jogo de 2009, e encara a Portuguesa Santista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.