CAS suspende punição de jogadores italianos

A Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) anunciou nesta quarta-feira a suspensão temporária da punição imposta aos jogadores de futebol Daniele Mannini e Davide Possanzini. Os dois atletas haviam sido suspensos por um ano.

AE, Agencia Estado

18 de março de 2009 | 16h28

De acordo com a CAS, a Federação Italiana de Futebol apresentou novas evidências que a obrigam a reabrir o caso. A sentença inicial havia sido dada no dia 29 de janeiro. Manninni e Possanzini se atrasaram para a realização de exame antidoping após a partida entre Brescia e Chievo, pela Série B italiana, em dezembro de 2007.

Por conta disso, os dois jogadores foram suspensos por 15 dias pelo Comitê Olímpico Italiano em março de 2008. A pena foi considerada pouco rigorosa pela Agência Mundial Antidoping, que entrou com recurso na CAS, sugerindo que os jogadores pegassem um gancho de dois anos.

A decisão da CAS irritou os jogadores italianos. Todas as partidas das Séries A e B da Itália no final de semana seguinte ao do julgamento começaram, em forma de protesto, com 15 minutos de atraso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.