Casagrande diz que está se recuperando da droga

Em entrevista a revista, ex-jogador conta que engordou 20 quilos desde que foi internado

Agência Estado,

18 de abril de 2008 | 23h38

Walter Casagrande Jr., ex-jogador do Corinthians e comentarista esportivo da Rede Globo, vai ganhando sua batalha contra as drogas. Ele fez nesta sexta-feira seu primeiro depoimento após ter sido internado há sete meses numa clínica de reabilitação para dependentes químicos. Falou à revista Época (Editora Globo) na clínica Greenwood, em Itapecerica da Serra, onde continua seu tratamento intensivo, longe de amigos e com a família somente para as sessões de terapia. Casagrande recupera-se às duras penas, mas segue à risca as orientações médicas. Engordou 20 quilos desde que foi internado, em setembro. Pesa hoje 92 quilos. Segundo a revista, Casagrande passa bem e está consciente do que precisa fazer para abandonar o vício em cocaína e o uso eventual de heroína. "As pessoas que gostam de mim podem ficar tranqüilas: estou me tratando bem". Um dos comentaristas de maior carisma no Brasil ressaltou a importância de os viciados aceitarem sua condição. "As pessoas precisam aceitar que são dependentes e que estarão em recuperação diariamente, até o final da vida, porque a droga é sedutora". Ele levou quatro meses para enxergar dessa forma e confessou ter tido quatro overdoses entre 2005 e 2007. Nesse período, internou-se uma única vez por um período de 40 dias para ‘desintoxicação". SEM REGALIASSua vida na clínica é igual a de outros dependentes. Ajuda a cultivar um horta, faz sessões de relaxamento e joga ‘peladas’ com os companheiros numa quadra. "Tenho prazer em sentir que estou evoluindo. A recuperação é muito mais difícil do que se afundar, mas posso falar com certeza que é muito mais prazeroso estar se recuperando e limpo do que estar usando drogas".

Tudo o que sabemos sobre:
Walter Casagrande Jr.drogas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.