Divulgação
Divulgação

Casagrande tem boa evolução e quadro estável após cirurgia

Comentarista da Rede Globo continua internado em São Paulo

FELIPE ROSA MENDES, Estadão Conteúdo

29 de maio de 2015 | 19h37

O ex-jogador Walter Casagrande passa bem após ser submetido a uma cirurgia nesta sexta-feira, em decorrência de um enfarte agudo do miocárdio. O comentarista da Rede Globo, de 52 anos, segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital TotalCor, em São Paulo.

De acordo com boletim médico, Casagrande "evolui positivamente" e apresenta quadro estável. Casão, como também é conhecido, foi submetido a um exame de cateterismo e a uma angioplastia, cirurgia para desobstrução de artérias, logo ao dar entrada no hospital com quadro de enfarte, na manhã desta sexta. Os procedimentos foram bem-sucedidos.

Casagrande foi jogador profissional de 1980 a 1996, quando anunciou sua aposentadoria. Atacante, defendeu diversos clubes do Brasil, como Corinthians, São Paulo e Flamengo, e da Europa, como os italianos Torino e Ascoli e o português Porto, além da seleção brasileira. Mas ficou mais conhecido com a camisa corintiana.

No clube paulista, ganhou destaque dentro e fora de campo. Ele foi parceiro de Sócrates, falecido em 2011, nos gramados e na liderança do movimento Democracia Corintiana, durante a ditadura militar no Brasil.

Na autobiografia "Casagrande e Seus Demônios", lançada em 2013, Casagrande confirmou que quase morreu em razão do abuso de heroína e cocaína. Por conta do vício, precisou se afastar de suas funções na televisão, mas conseguiu dar a volta por cima depois de ficar um ano internado em uma clínica em Itapecerica da Serra, em São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.