Casemiro cobra fidelidade ao estilo de jogo e foco do Real para derrotar o Bayern

Brasileiro fez questão de elogiar o trabalho realizado pelo treinador Zidane

O Estado de S.Paulo

17 de abril de 2017 | 15h14

O volante brasileiro Casemiro, do Real Madrid, pediu nesta segunda-feira que a equipe espanhola mantenha a concentração e não mude a forma de jogar para enfrentar o Bayern de Munique, nesta terça, às 15h45 (de Brasília), no Santiago Bernabéu, pelo duelo de volta das quartas de final da Liga dos Campeões da Europa.

"Não podemos mudar a nossa mentalidade. A eliminatória não está resolvida e o Bayern tem jogadores de muita qualidade. Temos que pedir aos nossos fãs que nos apoiem e que nos ajudem, porque vai ser importante para nós. Vai ser uma partida muito difícil e o Bayern é um time muito perigoso. A torcida vai ser importante", afirmou o brasileiro, em entrevista coletiva, depois de o Real ter vencido o confronto de ida do mata-mata por 2 a 1, na semana passada, na Alemanha.

Casemiro fez questão de elogiar também o trabalho que vem sendo realizado no Real pelo técnico Zinedine Zidane. "O treinador está fazendo um trabalho excepcional. Sabemos que vai ser uma partida muito complicada, devemos manter a concentração e seguir a nossa própria (filosofia de jogo). Estamos com muita vontade de jogar e temos claro o que vamos fazer amanhã: vamos fazer o nosso jogo e tentar vencer", completou.

O volante brasileiro também demonstrou preocupação com o atacante polonês Lewandowski, que retornará ao Bayern no embate contra o Real após ter ficado dois jogos fora do time alemão devido a uma contusão no ombro. "É um jogador com muita qualidade", avaliou Casemiro.

Por terem vencido o duelo de ida das quartas de final por 2 a 1, com dois gols de Cristiano Ronaldo, o Real poderá até perder por 1 a 0 nesta terça para ir às semifinais da competição, tendo em vista o maior peso dos gols marcados fora de casa para efeito de desempate.

Ao Bayern resta ganhar por uma diferença de dois gols. Já se fizer três gols ou mais, poderia vencer por diferença de apenas um gol. Se os alemães repetirem o placar de Munique a seu favor, a vaga será decidida na prorrogação e, se houver empate por 0 a 0 no tempo extra, o classificado sairá nos pênaltis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.