Enrc Fontcuberta/EFE
Enrc Fontcuberta/EFE

Casemiro critica jogadores e isenta técnico do Real Madrid

'Não estamos jogando bem e não podemos culpar o técnico', disse o volante, defendendo o trabalho do ameaçado Julen Lopetegui

Estadão Conteúdo

28 Outubro 2018 | 19h06

O volante Casemiro criticou os companheiros do Real Madrid após a goleada sofrida para o Barcelona por 5 a 1, neste domingo, pela 10ª rodada do Campeonato Espanhol. Para o volante da seleção brasileira, a responsabilidade pelos maus resultados e pela campanha irregular é exclusiva dos jogadores.

Casemiro isentou o técnico Julen Lopetegui pelo baixo rendimento da equipe. "Não estamos jogando bem e não podemos culpar o técnico, já que são os jogadores que entram em campo para jogar. Este resultado é um reflexo de toda a nossa temporada, que tem sido um desastre. Não se trata apenas de tática ou atitude, é tudo. Os jogadores têm que correr mais e lutar mais", criticou o brasileiro.

Após o resultado e a péssima campanha na temporada (o Real ocupa a nona posição), a imprensa espanhola dá como certa a demissão de Lopetegui nesta segunda-feira. Antonio Conte, ex-treinador do Chelsea, da Juventus e da seleção da Itália é o favorito para assumir o cargo.

"Me sinto triste e os jogadores também, é um golpe muito duro, mas ainda me sinto forte, só estamos em outubro", disse Lopetegui, demitido do cargo de treinador da Espanha dois dias antes da abertura da Copa do Mundo, por ter acertado sua transferência para o Real Madri sem a anuência da Real Federação Espanhola de Futebol.

"Tudo pode ser revertido no tempo que nos resta na temporada e por causa da confiança que tenho na equipe. O time ainda tem vida para o resto da temporada. Ainda me sinto forte o suficiente para treinar esse time", completou o treinador.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.