AFP
AFP

Casemiro diz que Cristiano Ronaldo está um nível acima de Neymar

Volante acha que seu companheiro de Real Madrid é o favorito para ganhar a Bola de Ouro

O Estado de S.Paulo

11 Outubro 2016 | 10h45

Para Casemiro, Neymar não ganhará o prêmio de melhor do mundo tão cedo. Em entrevista à Rádio Onda Cero, da Espanha, o volante disse que seu companheiro de seleção brasileira está no caminho certo para chegar ao topo do futebol mundial, mas, neste momento, Cristiano Ronaldo está em outro nível.

"Sempre vejo Neymar como companheiro. Não vejo nenhum rival como inimigo. Neymar está fazendo carreira para chegar (a ser o melhor do mundo), mas o que o Cristiano Ronaldo tem feito nos últimos dez anos é para recordar durante toda a vida. Neymar tem tudo para lá chegar, mas Cristiano vai ganhar a Bola de Ouro, com certeza."

Afastado dos jogos das Eliminatórias, contra Bolívia e Venezuela, por conta de uma fissura no terço médio do perônio da perna esquerda, Casemiro diz que já estaria jogando, mas não foi liberado pelos médicos. "Estou trabalhando para voltar o quanto antes. Por mim voltaria amanhã, mas é uma lesão um pouco complicada. Temos tido má sorte com as lesões. Marcelo, Modric, Sergio Ramos..."

O jogador também aproveitou para falar sobre seu relacionamento com Zinedine Zidane. Foi sob o comando do Francês que Casemiro ganhou a titularidade no Real Madrid. "Sempre me disse que se eu seguisse trabalhando, que ia ter minha oportunidade. Sempre foi muito sincero comigo. Zidane jogou futebol, sabe o que é estar do lado do jogador, sabe que tem que falar e fala o que é justo. Fala como jogador com a gente no pessoal, mas em campo ele fala como treinador".

Feliz com seu status no clube, o camisa 14 aproveitou para negar qualquer possibilidade de defender o rival Barcelona. "Nunca jogarei no Barcelona, porque na Espanha sou Real Madrid... O Real e muito mais do que eu esperava. Amo levantar de manhã e ir para Valdebebas (centro de treinamento). Amo estar com os jogadores, brincando, trabalhando, aprendendo. Tento viver todos os dias o futebol. O Real Madrid é hoje a minha vida".

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.