Casemiro tem nova chance com Mourinho no Real Madrid

Ex-volante do São Paulo, que joga no time B do clube espanhol, é relacionado para jogo com o Betis neste sábado

O Estado de S.Paulo

19 de abril de 2013 | 12h27

SÃO PAULO - O volante Casemiro tem dois motivos para sorrir neste fim de semana. O primeiro foi a classificação do São Paulo para a próxima fase da Libertadores. Mesmo longe, o jogador continua a acompanhar seu ex-clube pelo noticiário e nas conversar com os amigos de deixou no Morumbi. O segundo motivo está em Madrid. Casemiro foi relacionado pelo técnico José Mourinho para o jogo do Real Madrid contra o Bétis, neste sábado, pelo Campeonato Espanhol.

Casemiro aceitou deixar o São Paulo, onde alternava boas e más apresentações, ora como titular, ora como reserva, para jogar no time B do Real Madrid, o Real Castilla. Foi corajoso e decidiu apostar em seu taco, convencido de que pode arranjar um lugar na equipe. Aos poucos, e ainda longe dos holofotes, Casemiro vai colecionando pequenas vitórias na Espanha. A primeira delas foi ser inscrito por Mourinho na Copa dos Campeões, juntando-se aos outros brasileiros, como Kaká, no time.

Agora, com as baixas no elenco por causa de contuões, Casemiro novamente é acionado pelo treinador. Convencer Mourinho de que tem qualidade para ajudar o Real Madrid é meio caminho andado para se dar bem na temporada, mesmo que os merengues trocarem de comandante na próxima temporada. As baixas para a partida contra o Betis são grandes: Essien, Arbeloa, Fábio Coentrão, Khedira e Xabi Alonso, todos com lesões Além de Casemiro, o meia espanhol Álex também foi relacionado.

A lista de Mourinho para essa partida tem os seguintes jogadores: Casillas, Adán e Diego López (goleiros); Varane, Pepe, Carvalho, Marcelo, Albiol e Nacho (zagueiros); Kaká, Özil, Modric, Callejón, Di María e Casemiro (volantes e meias); Cristiano Ronaldo, Benzema, Higuaín e Morata (atacantes).

Tudo o que sabemos sobre:
futinterReal MadridCasemiroMourinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.