REUTERS/Dylan Martinez
REUTERS/Dylan Martinez

Casillas sofre enfarte e passa por cirurgia em Portugal: 'Um susto grande'

Goleiro campeão do mundo em 2010 foi submetido a um cateterismo e está fora de perigo

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de maio de 2019 | 11h40

O goleiro espanhol Iker Casillas sofreu um enfarte na manhã desta quarta-feira, durante treinamento do Porto, e foi internado com urgência. Ele passou por cirurgia, e de acordo com comunicado do Porto, está consciente e livre de perigo. 

O goleiro sofreu um enfarte agudo do miocárdio e foi submetido a um cateterismo. O jogador de 37 anos sentiu dores no peito no final do treino e foi examinado pelo médico do time, que decidiu pela internação imediata. 

"A sessão de trabalho foi prontamente interrompida para ser prestada assistência ao goleiro do FC Porto, que se encontra neste momento no Hospital CUF Porto. Casillas está bem, estável e com o problema cardíaco resolvido", informou o clube em nota.

O clube não confirmou, mas é provável que o jogador fique fora dos últimos jogos da equipe portuguesa na temporada. O Porto é o vice-líder do Campeonato Português e briga pelo título com o Benfica, atual líder. Restam três jogos para o término da competição.

No final de março, Casillas renovou seu vínculo com o Porto até 2021. O ex-jogador do Real Madrid está em sua quarta temporada pela equipe de Portugal, pela qual esteve em campo em 156 partidas e conquistou três títulos: o Campeonato Português, na temporada de 2017/2018, e duas vezes a Supercopa de Portugal, em 2018 e 2019.

O jogador tranquilizou a todos e agradeu aos fãs pelo apoio em uma publicação nas redes sociais. "Tudo controlado por aqui. Foi um susto grande, mas com as forças intactas. Muito obrigado pelas mensagens de carinho"

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Todo controlado por aquí, un susto grande pero con las fuerzas intactas. Muchísimas gracias a todos por los mensajes y el cariño

Uma publicação compartilhada por Iker Casillas (@ikercasillas) em

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.