'Caso Damião não está resolvido definitivamente', diz Santos após recurso negado

O departamento jurídico do Santos divulgou uma nota oficial nesta quarta-feira, por meio do site do clube, para "informar que o processo do caso do atleta Leandro Damião não está resolvido definitivamente". O clube se manifestou publicamente após a Justiça do Trabalho ter negado, na última sexta-feira, recurso apresentado contra a liminar que liberou o atacante do vínculo que tinha com o time da Vila Belmiro.

Estadão Conteúdo

23 de dezembro de 2015 | 17h09

Com o recurso negado, o jogador segue livre para assinar contrato com qualquer clube, depois de ter empréstimo com o Cruzeiro encerrado ao término desta temporada do futebol brasileiro. Antes de defender o time mineiro, o atleta havia rescindido o seu contrato com o Santos na Justiça por conta de atrasos salariais.

Após a fracassada contratação de Damião, que inicialmente chegou ao clube a peso de ouro, o Santos agora se vê com o risco de ter de pagar uma multa de R$ 65 milhões à Doyen Sports, que financiou contratação do jogador junto ao Internacional em 2014 por 13 milhões de euros. O próprio clube gaúcho, por sua vez, agora tem interesse em voltar a contar com o futebol do atacante.

O Santos, porém, confia que poderá evitar o pagamento desta quantia milionária. "A medida conseguida pelos advogados do jogador é provisória. Ela está sendo contestada no Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, no Tribunal Superior do Trabalho e no Supremo Tribunal Federal. Somente quando terminar o processo, com sentença transitado em julgado, o caso estará encerrado", afirmou o departamento jurídico do clube, por meio da curta nota divulgada nesta quarta-feira.

Além do Inter, três clubes turcos também teriam interesse em Damião, que já admitiu vontade de atuar no futebol europeu. Galatasaray, Fenerbahçe e Kayserispor procuraram o empresário do atleta, sendo que a sua possível contratação seria facilitada pelo fato de o atacante não ter vínculo com nenhum time ou empresário que detenham seus direitos econômicos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCLeandro Damião

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.