Caso de Luís Fabiano está indefinido

Ninguém se entende no São Paulo quando o assunto é a contratação de Luís Fabiano. Como o técnico Nelsinho Baptista quer aproveitar a maioria dos jogadores do time que disputou o Campeonato Brasileiro, o atacante passaria a ser peça-chave no elenco, principalmente após a saída de França. Mas diretoria do clube e empresário do atleta falam línguas diferentes."O acordo está perto. Espero anunciar o desfecho antes do fim do mês", disse o diretor de futebol do São Paulo, José Dias. "O Rennes conta com o jogador. Para emprestá-lo por mais seis meses, pedirá mais que o dobro", garantiu José Fuentes, empresário de Luís Fabiano. O São Paulo pagou US$ 250 mil para contar com o atacante por seis meses. Os franceses querem US$ 3,7 milhões para negociá-lo e alegam ter outras propostas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.