Caso Liedson pode chegar ao fim nesta 6ª

A briga entre Liedson e Corinthians ainda não acabou. Mas pode ser decidida nesta sexta-feira, pouco depois da 11 horas, na praça Alfredo Issa. É nela que fica a 54ª Vara de Justiça na qual um juiz vai decidir se acata ou não a liminar que dá direito ao atacante de formalizar sua transação para o futebol português. É a cartada decisiva, já que o prazo para as inscrições na Europa acaba domingo. ?Acho um absurdo que o clube (Corinthians) assine um contrato garantindo que libera o jogador em julho de 2003, se não exercer seu direito de preferência, e agora não cumprir com isso. Se estão desconfiados do Sporting, não podem penalizar o atleta", disse a advogada Gislaine Nunes, que defende os interesses de Liedson. O Departamento Jurídico do Corinthians alega que não se importa em liberar o jogador, desde que seja apresentado de forma clara o teor da negociação. O clube ficou desconfiado porque o próprio site oficial do Sporting anuncia que o atacante estaria sendo contratado por 3,2 milhões de euros, enquanto a versão apresentada pelos agentes de Liedson fala em 2 milhões de euros. Se o valor for superior a R$ 7 milhões - o que ocorre se for confirmada a versão do site -, o clube paulista tem direito a 25% do valor da transação, conforme contrato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.