Caso Riquelme: sequestrador preso

Sergio Antúnez foi apresentado neste sábado como o possível líder de uma quadrilha que sequestrou no início de abril o irmão do jogador argentino Riquelme. Segundo fontes policiais, Antúnez teria sido preso na quinta-feira, na cidade de Mercedes. Outros cinco cúmplices estão sendo procurados. Cristian Riquelme foi liberado pelos crimonosos após ser pago um resgate de US$ 160 mil. Riquelme, que tem contrato com o Boca Juniors até junho de 2003, foi liberado pelo técnico Oscar Tabarez de atuar neste domingo, contra o Newell?s Old Boys, em jogo válido pela última rodada do Campeonato Argentino. O astro, por causa da violência, afirmou que quer atuar no exterior. O Atlético de Madrid, que retornou à Primeira Divisão da Espanha, tentou contratar o jogador, mas as negociações fracassaram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.