Casório terá megaesquema de segurança

A entrada para o casamento de Ronaldo e Daniella Cicarelli, nesta segunda-feira, no Castelo de Chantilly, a 35 quilômetros de Paris, vai ter esquema de segurança especial. Os convidados devem levar, além do convite que é um cartão magnético, documento de identidade com foto para provar que não passaram o cartão de acesso para possíveis penetras. Máquinas fotográficas e celulares nem pensar. Os noivos não querem que fotos vazem para a imprensa. A revista espanhola ?Hola? terá exclusividade na divulgação das imagens da cerimônia. Mesmo assim, já tem brasileiro sem convite em Paris na esperança de dar o famoso jeitinho.A lista de convidados, que era restrita a 250 pessoas - só 45 são brasileiros -, mas que já passou de 300, por decisão de Ronaldo, foi feita em conjunto pelos noivos. Daniella fez questão de cuidar dos convivas pessoalmente. Foi ela que controlou a emissão de cada convite, chegando a vetar vários amigos do craque, como o ator global Bruno de Lucca e alguns jornalistas.Entre os que fazem parte do seleto grupo dos amigos de Ronaldo estão os 17 ?galácticos? do Real Madrid, como David Beckham, Zinedine Zidane, Raúl, Roberto Carlos e Michel Owen. Os atletas ganharam licença do clube espanhol e do técnico Vanderlei Luxemburgo para comparecer à cerimônia. Há ainda alguns maratonistas, amigos da noiva-atleta. De acordo com o jornal espanhol Marca, Ronaldo fretou um avião para levar o grupo de Madri a Paris.O ministro da Cultura Gilberto Gil, os pilotos da F-1 Michael Schumacher e Fernando Alonso figuram na lista e pagarão as passagens. O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB) será o padrinho, mas só quando a união puder ser oficializada, de fato, pois o casal ainda não conseguiu os papéis do divórcio. Aécio foi o cupido da história. Ele engatou o namoro em junho de 2004, após o Brasil e Argentina, no Mineirão, pelas Eliminatórias da Copa. Dois meses juntos, eles anunciaram o ?casório?.Ronaldo foi casado quatro anos com a ?rainha das embaixadas? Milene Domingues, com quem tem um filho (Ronald). Daniella também está ?enrolada?. Há duas semanas, ela descobriu que ainda está casada no civil com o empresário Luiz Milano, de quem se separou em 2004. Ela e Milano se casaram em de 2003, nos EUA.Da Itália, vão o dono da Inter de Milão, Massimo Moratti, o argentino Zanetti (que jogou com o noivo) e o brasileiro Adriano. Vestido - Daniella Cicarelli estará vestindo um modelo criado pelo estilista italiano Valentino, que fará os últimos ajustes já no Castelo de Chantilly. Toda a decoração de flores foi feita pelo brasileiro Vic Meirelles. Ele está em Paris cuidando dos preparativos, ajudado pela prima Daniela Toledo, também florista, que vive na França.O staff made in Brazil, comandado por Fernanda Nigro e Bia Aydar, foi obrigado a assinar termo de confidencialidade. Nada pode vazar. Nem o formato do convite.Para dar um tom informal a tudo isso, já que não haverá cerimônia civil nem religiosa, os noivos evitaram o convite tradicional, e escolheram o modelo pela internet, em Portugal. Ele é branco, escrito em preto "Daniella, Ronaldo e seus pais convidam para...". Entre o nome do casal há um coraçãozinho vermelho, o mesmo símbolo da tatuagem que Ronaldo exibe no pulso cada vez que marca um gol. Acompanha o cartão magnético, pouco maior que um vale-empada, com um número impresso, que dará acesso à festa. Quem não confirmou presença, não entra, apesar do convite em mãos. O RSVP foi feito por um empresa portuguesa e a atendente instruiu as convidadas a usar "saia comprida". Como o castelo fecha às 2 horas da manhã, é bem provável que sejam erguidas tendas nos jardins, onde dois DJs comandarão a pista depois do toque de Fat Boy Slim - um dos maiores DJs de música eletrônica.Conto de Fadas - A noiva ficou hospedada no Hotel Plaza Athenée sob forte esquema de segurança. Ronaldo só chegou hoje, depois do jogo do Real Madrid. O local escolhido para a cerimônia é um castelo do século XVII, tem 7.800 metros quadrados e é rodeado por lagos, bosques e jardins, além de ser a sede de um dos mais importantes museus da França, com uma coleção de seis mil quadros. É o único local além do Louvre a exibir "As três graças de Rafael". O aluguel do castelo custará 20 mil euro (R$ 72 mil) , das 20h à 1h, sem contar a comida e a música. O acesso ao jardim será cobrado: mais 37, 4 mil euros (R$ 134,7 mil). (Adriana Drigo, Glenda Carqueijo, Carlos Hee e Karla Sarquis).

Agencia Estado,

14 de fevereiro de 2005 | 09h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.