Filippo Venezia/EFE
Filippo Venezia/EFE

Cassano, ex-Real Madrid e seleção italiana, é hospitalizado para tratar covid-19

Ex-atacante de 39 anos precisou ser levado ao hospital após estado de saúde piorar nas últimas horas, mas passa bem e deve receber alta

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de janeiro de 2022 | 14h52

Antonio Cassano, ex-jogador de 39 anos com passagens por Real Madrid e pela seleção italiana, foi hospitalizado nesta quarta-feira no Hospital San Martin, em Gênova, na Itália, devido a complicações da covid-19. Ele já havia testado positivo para a doença nos últimos dias e estava cumprindo isolamento em casa. 

De acordo com a mulher de Cassano, a jogadora Carolina Marcialis, o ex-atacante contraiu o vírus durante as festas de final de ano. Nas últimas horas, seu estado de saúde piorou, tornando necessária a internação.

O diretor do Hospital San Martino, Salvatore Giuffrida, disse à agência de notícias italiana ANSA que as condições de Cassano estão boas e que ele poderá voltar para casa nesta quinta-feira. Em suas redes sociais, Marcialis também desmentiu a informação de que o marido não havia se vacinado contra a covid, afirmando que ele tomou as duas doses do imunizante. 

Formado nas categorias de base do Bari, Cassano jogou por Milan, Inter de Milão e Parma. O jogador também fez parte do Real Madrid dos "galácticos" — equipe que contava com Ronaldo, Zidane, Figo, Beckham entre outros. 

O ex-atacante também fez parte do elenco da Itália campeã do Mundo em 2006, na Alemanha. A equipe contava também com o volante Daniele De Rossi, que em abril de 2021 precisou ser hospitalizado para se recuperar da covid.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.